Portal do Conhecimento

Cultura e Conhecimento ao seu Alcance!

Cultura e Entretenimento

Como se formam as miragens

As miragens acontecem quando o chão está muito quente e o ar está fresco.

A ciência das miragens

Ela acontece quando a luz sofre refração (ou seja, muda de direção) devido a camadas de ar com diferentes temperaturas.

É um fenômeno ótico, que pode até ser fotografado. Não tem nada a ver com o famoso clichê dos desenhos animados em que o personagem enxerga um oásis no meio do deserto (um caso assim seria provavelmente efeito de uma alucinação).

Todos nós vimos a parte do filme em que o andarilho do deserto cansado anda há horas e está morrendo de sede. Então ele se depara com um vasto corpo de água no horizonte. Ele corre em direção à água, que cresce cada vez mais perto, até que ele se lança no ar apenas para aterrissar na areia e sem água à vista. Você pode pensar que o viajante estava tendo alucinações, mas as miragens são uma ilusão de ótica que ocorre naturalmente. Nos desenhos animados, uma miragem é frequentemente retratada como um oásis pacífico e exuberante à sombra de palmeiras, mas, na realidade, é mais provável que pareça uma piscina de água.


Uma miragem verdadeira é algo até corriqueiro: o caso mais famoso é aquela aparência de molhado que você vê no asfalto em um dia quente. Outro exemplo é a posição do Sol no fim da tarde: como a temperatura do espaço é menor que a da nossa atmosfera, a luz dobra, fazendo com que o astro pareça estar mais “alto” do que realmente está.

continua depois da publicidade


Curso de Detetive e Investigacao Particular
Aprenda recursos e métodos inovadores, para se destacar como profissional. Veja em detalhes neste site
https://www.mpsnet.net/G/483.html

Como se formam as miragens?

As miragens realmente não têm nada a ver com água. É realmente tudo sobre como a luz viaja pelo ar. Normalmente, as ondas de luz do sol viajam diretamente através da atmosfera para seus olhos. Mas, a luz viaja em velocidades diferentes através do ar quente e do ar frio.

As miragens acontecem quando o chão está muito quente e o ar está fresco. O solo quente aquece uma camada de ar logo acima do solo. Quando a luz se move através do ar frio e entra na camada de ar quente, é refratada ( dobrada).

Uma camada de ar muito quente perto do solo refrata a luz do céu quase em uma curva em forma de U. Nosso cérebro pensa que a luz viajou em linha reta.

Nosso cérebro não vê a imagem como luz inclinada do céu. Em vez disso, nosso cérebro pensa que a luz deve ter vindo de algo no chão.


É por isso que muitas miragens aparecem como água azul. Achamos que tropeçamos em um oásis quando, na realidade, estamos vendo uma imagem cintilante do céu azul. Como nossos cérebros não reconhecem o céu como estando no chão, imaginamos que a imagem esteja brilhando na água azul.

Onde você pode ver uma miragem?

Não há necessidade de caminhar até o deserto para ver uma miragem: eles são muito comuns em estradas, pistas de aeroportos e até na areia quente da praia. Miragens podem ser vistas em qualquer lugar onde o chão possa absorver muito calor.

As miragens mais espetaculares ocorrem em grandes extensões de terra plana, pois muitas colinas, quedas ou inchaços impedirão que a luz refratada atinja seus olhos.

Em um dia de calor, o Sol aquece o asfalto, que aquece o ar acima dele. O ar mais acima, porém, continua mais frio. Ao passar por essas duas camadas com temperaturas distintas, a luz sofre refração, ou seja, muda de direção. Com isso, os raios de luz que rebatem a imagem do céu e deveriam atingir o chão são redirecionados, em parte, para seus olhos.

O resultado é que você vê o céu duas vezes: uma pela luz que vai diretamente aos seus olhos, outra pela luz que deveria atingir o asfalto, mas foi redirecionada. Essa segunda imagem se forma abaixo de sua linha de visão, o que faz com que seu cérebro entenda que o objeto (o céu) está no asfalto. É isso que causa aquela aparência de poça d’água.

Esse exemplo é conhecido como miragem inferior. Existe outro tipo, a superior, que rola na situação inversa, quando o ar sobre a superfície está mais frio do que o ar acima – algo que acontece muito em geleiras. A luz dobra de forma oposta, fazendo com que a segunda imagem se forme acima da sua linha de visão. Na prática, vemos um reflexo distorcido flutuando no ar!

continua depois da publicidade