Portal do Conhecimento

Cultura e Conhecimento ao seu Alcance!

Cultura e Entretenimento

Ilusões de cegueira induzidas pelo movimento

Fenômeno chamado de MIB (Motion-induced blindness) em inglês.

As ilusões de cegueira induzidas por movimento usam movimentos aparentes de fundo para fazer com que partes estáticas do campo visual desapareçam temporariamente da vista. Eles produzem um efeito que parece semelhante ao ponto cego no olho ou ao desaparecimento de imagens nas ilusões de gatos de Cheshire, mas que aparentemente tem uma causa diferente. Os alunos mais novos podem aproveitar a ilusão por si só, enquanto os alunos mais velhos podem especular sobre a causa do efeito, que ainda não é completamente compreendida.


Observe o ponto verde-amarelo piscando no centro da figura. Sem mover os olhos, tente prestar atenção aos três pontos amarelos ao redor com sua visão periférica. Você deve observar que os pontos ao redor desaparecem de tempos em tempos, individualmente ou em grupos, e depois reaparecem. Esse efeito é chamado de "cegueira induzida por movimento" (MIB).

Imagem projetada para invocar cegueira induzida por movimento. Clique na miniatura para ir para a imagem em tamanho real. Em seguida, observe a luz verde-amarela intermitente no centro da imagem, prestando atenção aos pontos amarelos ao redor com sua visão periférica. Você deve observar que os pontos ao redor desaparecem de tempos em tempos e reaparecem.

Explicações possíveis.

Foco na atenção - Uma sugestão para a causa da MIB tem a ver com o foco da atenção. Talvez o cérebro esteja simplesmente distraído com a mudança de imagem e não preste atenção às partes estáticas do campo visual. A este respeito, o MIB pode ser semelhante a um efeito produzido quando duas imagens diferentes são vistas pelos dois olhos (rivalidade binocular). Nesse caso, o cérebro tende a focalizar a imagem em um olho (dominante), com exclusão da imagem no outro olho.

Supressão de movimentos oculares - Há alguma evidência de que alguns movimentos oculares são parcialmente suprimidos na presença de movimentos de fundo. Nesse caso, o movimento ocular reduzido pode permitir a dessensibilização, como ocorre nas ilusões de gato de Cheshire . No entanto, estudos mais recentes de movimentos oculares em experimentos MIB 4 afirmam que a supressão dos movimentos oculares não é adequada para permitir dessensibilização significativa.

Preenchendo as lacunas - Algumas pesquisas sugeriram que o MIB pode estar relacionado a um efeito conhecido chamado "preenchimento perceptivo", que explica por que não vemos os pontos cegos em nossos olhos. Na ausência de informações sensoriais para partes do campo visual, o cérebro preenche as partes ausentes com informações das áreas circundantes. (Veja nossa lição sobre ponto cego para atividades para explorar o ponto cego.) Supressão de riscos - O olho e o cérebro integram a imagem visual ao longo do tempo. Para imagens em movimento, essa integração produz riscos na percepção visual, como os riscos de uma fotografia de longa exposição de movimento rápido. O cérebro suprime ativamente as listras para entender melhor a imagem. Essa supressão pode explicar parte ou todo o efeito MIB. Pesquisas demonstraram 7 que o MIB é aprimorado na borda do movimento à direita, o que apóia essa idéia.

continua depois da publicidade


Curso de Chefia e Lideranca
Para atingir o nivel de Liderança com excelencia nos novos tempos. Veja em detalhes neste site
https://www.mpsnet.net/G/179.html

Cegueira induzida pelo movimento na vida cotidiana


A Figura mostra um exemplo de cegueira induzida pelo movimento com objetos do cotidiano, demonstrando que o efeito funciona com imagens estáticas que não são apenas pontos simples. Embora seja difícil encontrar exemplos de cegueira induzida pelo movimento na vida cotidiana, existe uma preocupação com a possibilidade de o MIB desempenhar um papel para pilotos e motoristas. Fixar seu olhar no trânsito sempre em frente enquanto dirige pela estrada (com o cenário de fundo aparentemente em movimento) pode concebivelmente deixá-lo cego para um carro passando por você do lado. Os pilotos são aconselhados a continuar a desviar o olhar, nunca se fixando em nenhum ponto por mais de alguns segundos, para que não percebam algo importante.

Nas colisões em que um carro que seguia rapidamente atinge um mais lento saindo de uma via transversal, - os motoristas dos carros que estavam em MAIOR velocidade geralmente afirmam não terem visto o veículo vindo da direita ou da esquerda. Eles não estão mentindo, SIMPLESMENTE não viram realmente o outro veículo, mesmo EM plena luz do dia. O fenômeno que diz respeito aos motoristas do carro rápido é chamado de “Cegueira de Movimento”. É incrível, mas é verdade é MUITO preocupante.

Os pilotos militares recebem instrução sobre a “cegueira de movimento” durante seu treinamento porque ela ocorre com muito mais frequência em velocidades mais altas. MAS isto é aplicável a motoristas também, especialmente aqueles de carros mais velozes.

Os pilotos de aeronaves são instruídos a alternar o olhar entre varrer o horizonte e o painel de instrumentos quando em voo, e nunca fixá-lo mais que alguns segundos num único objeto, com a finalidade de manter a sua visão PERIFÉRICA. Eles são treinados a manter a cabeça como se ela estivesse montada numa rótula e a movimentar os olhos continuamente. Isso porque quando se está em movimento, e fixar seu olhar num objeto por algum tempo faz com que a visão periférica suma. Essa é a razão desse fenômeno ser chamado de cegueira de movimento.

Para os pilotos de caça essa é a única maneira de sobreviver no ar, não apenas durante um combate aéreo, mas também nas outras ameaças de tempos de paz - como as colisões no ar.

Até cerca de três décadas atrás, esta técnica de “cabeça numa rótula e olhos se movimentando” era a única maneira de avistar outros aviões por perto. Hoje os pilotos contam com radares, mas a velha técnica ainda tem utilidade.
Outra profissão que se utiliza deste mesmo principio é dos agentes de segurança de grandes personalidades/chefes de estado. Percebam ou recordem de suas posturas, eles nunca fixam seu olhar por mais de 2 segundos em uma só direção... e o motivo é o mesmo; manter a visão periférica.

continua depois da publicidade