Portal do Conhecimento

Cultura e Conhecimento ao seu Alcance!

Cultura e Entretenimento

Ilusões ópticas incríveis produzidas na natureza

Resultados de surpresas da natureza mais os erros de percepção de nosso cérebro

Na natureza, existem fenômenos ou lugares realmente surpreendentes. Você sabia que ao longo da costa da Maurícia você pode ver cachoeiras subaquáticas? Ou que a alternância das cores preto e branco inibe a capacidade do cérebro de detectar as bordas dos objetos?

Mostramos aqui uma série de imagens realmente surpreendentes que mostram a capacidade da Mãe Natureza de criar verdadeiras obras-primas da ilusão de ótica.

Um abismo

Embora pareça que os dois garotos da foto acima estão pulando em um abismo, eles estão realmente mergulhando no poço de Jacob, que fica no estado do Texas. Pela boca dele, milhares de litros de água fluem para o rio Cypress Creek a cada minuto. A água é tão cristalina que parece que aqueles que mergulham estão dando um salto no vazio.

Ondas de pedra

Na fronteira entre o Arizona e Utah, você pode ver algumas formações rochosas verdadeiramente únicas. O impacto contínuo dos ventos e chuvas por longos períodos de tempo desempenhou um papel importante na criação dessa formação bizarra.

Um tornado de fogo

O que você está vendo não é uma foto de um tornado de fogo (que não existe), mas uma foto do rio Rio Tinto na Espanha, cheia de resíduos de mineração. A cor vermelha brilhante da água é causada pela alta porcentagem de metais pesados nela.

Uma estrada na montanha

O que parece uma estrada de montanha é na verdade um rio. É uma imagem do rio Colorado, percebida incorretamente pelo cérebro pela cor e nuances do próprio rio.

Mar tempestuoso

Olhando para nuvens como essas, pode-se imaginar tendo um mar tempestuoso no alto. Eles são chamados Undulatus asperatus e são um tipo raro de nuvem de aparência assustadora que geralmente nunca é acompanhada por um furacão ou uma tempestade.

A forma de uma árvore

Em Baja California (México), as marés em águas rasas causadas por fortes correntes criam essas formas que parecem árvores.

Um lago mágico

O lago Uyuni é famoso pela percepção distorcida do espaço que cria devido à ausência de objetos em sua superfície. Durante as estações chuvosas, o solo alcalino do lago se transforma em um enorme espelho; a fina camada de água cristalina reflete o céu e limpa o horizonte.

continua depois da publicidade


Como preparar Cosméticos Artesanais e Naturais
Aprenda a produzir seus proprios cosméticos, o único segredo e usar e abusar da criatividade. Veja em detalhes neste site
https://www.mpsnet.net/G/525.html

Uma criança

Você consegue encontrar a criança nesta foto? A princípio, nosso cérebro vê toda a imagem e focaliza a luz, as árvores e as figuras ao fundo. No entanto, olhando mais de perto, pode-se ver a figura de uma criança no ventre de uma mãe.

A teia de aranha

Gotas de água presas em uma teia de aranha.

À beira de um precipício

O homem desta foto parece estar caminhando à beira de um penhasco, mas na realidade é a margem de um rio que deságua no Glen Canyon.

Uma foto

O que parece uma pintura ou um desenho é na verdade uma fotografia: no primeiro plano, há árvores mortas durante o pôr do sol e no fundo, as dunas vermelhas da Namíbia. Como podemos ver, o jogo enganador de luz e sombra cria uma imagem difícil de acreditar ... e nos deixa com muitas dúvidas!

continua depois da publicidade

Três sóis

Esse fenômeno óptico atmosférico é conhecido como Parelio, e geralmente é causado pela refração da luz solar dos cristais de gelo à deriva na atmosfera.

Uma cachoeira subaquática

Uma queda d’água no fundo do oceano seria algo fisicamente impossível, não é? Porém, é exatamente essa a impressão que se tem ao visitar a cachoeira submersa nas Ilhas Maurício, no Oceano Índico, a 2 mil quilômetros da costa de Madagascar.

A ilusão se dá devido à movimentação de areia e outros sedimentos que escorregam e deslizam em direção ao oceano. A água da região costeira é bastante transparente e cristalina, o que permite que o fenômeno seja observado. Para ver a ilusão de forma completa, é necessário sobrevoar a ilha. Quem a observa por cima, tem a sensação de estar observando o topo de uma cachoeira submersa, que vai dar no fundo do oceano, como um grande buraco.

Uma zebra com duas cabeças

A alternância das cores preto e branco inibe a capacidade do cérebro de detectar as bordas dos objetos, e é por isso que vemos essa zebra de duas cabeças.