Portal do Conhecimento

Cultura e Conhecimento ao seu Alcance!

Cultura e Entretenimento

Dicas de como usar e cuidar bem do Ar Condicionado de seu carro

Como usufruir bem e manter o correto funcionamento do ar condicionado automotivo.

Foi-se o tempo em que comprar um carro equipado com ar-condicionado era sinal de luxo, riqueza e status. O acessório, nos dias de hoje, é fundamental não apenas para o conforto dos ocupantes do veículo, mas também para a segurança.

Andar com os vidros abertos pelas ruas das principais cidades brasileiras para espantar o calor é um desafio que exige cada vez mais coragem, pois não são poucos os casos de assaltos envolvendo motoristas presos em engarrafamentos ou parados nos sinais de trânsito.

Para garantir que o equipamento mantenha sempre um bom funcionamento, é preciso tomar alguns cuidados no dia a dia, a fim de prolongar a sua vida útil e proporcionar o bem-estar do motorista e dos passageiros por mais tempo.

continua depois da publicidade


Curso Manutencao em Ar Condicionado Automotivo
Aprenda reparar, diagnosticar e manter o funcionamento de Ar Condicionados de veículos automotores. Veja em detalhes neste site
https://www.mpsnet.net/G/602.html

Vejam nossas dicas de cuidado e zelo para aproveitar ao máximo o clima agradável do seu veículo

»  Entenda os comandos
Utilizar o ar condicionado não é apenas pressionar o botão de liga e desliga. Conhecer bem os comandos de acionamento do ar é indispensável para evitar que o equipamento estrague e te deixe, literalmente, no sufoco.
Apesar de o ar digital apresentar muitos botões e comandos para atingir a temperatura exata, o equipamento é muito simples e se programa automaticamente para manter o resfriamento ou o aquecimento do filtro do habitáculo (elemento que controla a qualidade do ar dentro do veículo), tudo de acordo com a condição climática que o motorista está experimentando. Na dúvida, consulte o manual do seu carro.

»  Usar o carro com ar-condicionado ligado gasta mais gasolina?
Depende. Na cidade, com o trânsito pesado e em velocidades mais baixas, a resposta é positiva. O carro, realmente, gasta entre 10% e 20% a mais de combustível nessas condições.
Quando o ar está ligado, o motor precisa fazer mais força para “empurrar” o carro e, como consequência, acaba consumindo um volume maior de combustível.
Já quando a condução acontece em uma velocidade maior, acima dos 80 km/h — normalmente em rodovias —, a orientação é para manter os vidros do carro fechados e usar e abusar do ar-condicionado.
“Andar com os vidros abertos em velocidades mais elevadas faz que o vento interfira muito na aerodinâmica do carro. Isso certamente fará o consumo de combustível ser maior dessa forma do que com o ar-condicionado ligado”.

»  Qual o momento certo de ligar o ar-condicionado?
Muitos motoristas não sabem, mas ligar o ar-condicionado com o motor em uma rotação acima de 3.000 rpm pode prejudicar o compressor, reduzindo a vida útil do equipamento.
Se você já estiver com o carro em movimento, pise na embreagem para reduzir a rotação antes de ligar o ar. Porém, o mais recomendado é ligá-lo logo após acionar o motor, ao dar a partida no veículo, desde que ele não tenha ficado muito tempo exposto ao sol. Nesse caso, antes de ligar o ar é recomendado que você aguarde alguns minutos com a janela aberta, para não exigir que ele tente resfriar um ambiente com uma temperatura muito elevada.

»  Ligue o ar-condicionado frequentemente
Para manter o bom funcionamento das válvulas do ar-condicionado, o recomendado é que o motorista ligue-o por pelo menos 10 minutos por semana, inclusive durante os dias frios. Assim, quando você precisar fugir do calor, ele estará em perfeito funcionamento!

»  Usar muito o ar-condicionado ‘gasta’ o gás mais rápido?
Não. Ao contrário do que muitos pensam, o gás que é utilizado no sistema não gasta, vicia ou fica velho. Ele só precisará ser trocado no caso de ocorrer algum vazamento no sistema. O mesmo vale para o óleo utilizado no equipamento.

»  É realmente necessário ligar a ventilação quente após desligar o ar-condicionado?
Quando você desliga o ar-condicionado, muita umidade fica acumulada nos dutos do equipamento, o que facilita a proliferação de fungos e bactérias no local. Portanto, é extremamente importante que o motorista ligue a ventilação quente por alguns minutos após desligar o ar gelado, para que a umidade seja eliminada. O recomendado é que você sempre realize esse procedimento cerca de três minutos antes de chegar ao seu destino e desligar o carro.

»  A velocidade do ar-condicionado tem influência na temperatura?
Não. O fato de aumentar a ventilação fará que o resfriamento ocorra mais rápido, mas não deixará o carro mais “gelado”. Nos carros equipados com ar-condicionado automático, basta selecionar a temperatura desejada e pronto. Pode deixar a ventilação no mínimo que o sistema fará com que o ambiente chegue à temperatura escolhida.

»  O que fazer quando o carro fica no sol?
Ao entrar num carro que estava com os vidros fechados, em um dia de extremo calor, siga estas instruções:
Abra os vidros do carro; Ligue o motor e coloque o automóvel em movimento na via; Quando você sentir que a sensação de abafamento começou a se dissipar, acione o ar condicionado do carro; Não importa a velocidade, mantenha os vidros abertos; Quando a temperatura começar a ficar amena, feche os vidros e aproveite os benefícios do uso do ar condicionado do carro.

»  É normal sentir um mau cheiro ao ligar o ar-condicionado?
Um dos principais componentes do ar-condicionado é o filtro de ar, que retém todas as impurezas que passam pelo equipamento. Quando o filtro está sujo ou úmido, ocorre esse mau cheiro característico, mas que não deve ser considerado como normal! Quando isso acontecer, leve o seu veículo a uma oficina especializada e efetue a troca do filtro. O ideal é que ela ocorra a cada seis meses, ou quando o motorista notar sintomas como mau cheiro ou acúmulo de poeira no ar-condicionado.

»  Não faça do ar um inimigo da bateria
Alguns procedimentos básicos são fundamentais para prolongar a vida útil da bateria do carro. Um deles é desligar o ar condicionado antes de dar a partida. Isso porque o equipamento ligado acaba fazendo com que o veículo demande mais carga elétrica para conseguir iniciar, o que afeta consideravelmente a bateria.
Outra medida importante é não acionar continuamente o recirculador de ar, uma vez que a falta de ar renovado no interior do veículo pode ser nociva à saúde dos passageiros.

»  Saiba quando é hora manutenção
Basicamente, a manutenção preventiva consiste em uma inspeção que atinge o filtro de ar, as mangueiras e a pressão do ar. Pode parecer simples, mas não se engane. Isso é trabalho para quem entende do assunto.
Com o passar do tempo, o ar condicionado pode começar a apresentar algum desgaste, o que torna imprescindível a visita ao mecânico, de seis em seis meses, de preferência.
A higienização completa do sistema de ar, com a devida troca de filtros, não pode ser esquecida. Não realizar a manutenção do ar condicionado do seu veículo pode provocar alguns desconfortos, como tosse, rinite, dor de garganta e até pneumonia.