Página Inicial » Meio Ambiente


                       

     

|02|


Sustentabilidade ou Desenvolvimento sustentável? Qual a diferença?

Nosso meio ambiente enfrenta uma crise sem precedentes, e a preocupação em tornar-se mais ecológico está cada vez mais presente na sociedade de hoje. A ação do homem, especialmente na segunda metade do século XX, colocou nosso habitat em risco, extinguiu espécies de plantas e animais e colocou o planeta á beira de um colapso. Anualmente, são realizados encontros internacionais para discutir e compreender as consequências da influência humana na natureza e tentar pavimentar mudanças de atitude e consciência na vida das pessoas.

Nesse contexto, termos como “sustentabilidade” e “desenvolvimento sustentável” começaram a frequentar o dia a dia das pessoas, muitas vezes como sinônimos. Mas você sabe qual é a diferença entre eles? Então descubra, a seguir:

Desenvolvimento sustentável

Esse conceito é amplamente vinculado aos discursos de vários setores da sociedade, como o educacional, político e o publicitário. A incorporação do termo “sustentável” ao “desenvolvimento” busca limitar as ações do segundo, estabelecendo a harmonia do desenvolvimento econômico e da produção capitalista, com a manutenção do meio ambiente e suas variáveis. Trata-se da ideia do uso racional de recursos, trazendo qualidade de vida para todos e tendo em vista, ao mesmo tempo, os problemas ambientais. Dessa forma, a tecnologia deve servir tanto em favor do ser humano quanto da natureza.

Embora muitos considerem a expressão controversa, acreditando que seria impossível buscar o desenvolvimento que explora as matérias primas e os recursos naturais sem agredir a natureza e explorar pessoas, a experiência vem mostrando que, com atitudes mais sensatas, resultados muito melhores e menos agressivos podem ser conquistados em diversas partes do planeta.

Sustentabilidade

Esse termo indica uma busca pelo equilíbrio entre a melhora da qualidade de vida dos homens e o limite ambiental do planeta. A sustentabilidade não está necessariamente associada ao termo desenvolvimento, mas considera alternativas viáveis, ambientalmente corretas e socialmente justas para a construção da sociedade.

As ideias sobre o tema podem variar de acordo com posições dogmáticas, individuais e políticas e, muitas vezes, sustentabilidade acaba sendo sinônimo de desenvolvimento sustentável. Porém, vemos que, mais importante que um termo, é definir teoricamente o que queremos expressar na prática: a real discussão desse tema tão relevante e a reflexão e posicionamento diante da situação complexa que envolve a existência e influência humana e a natureza.

A ação

Por fim, depois do debate aprofundado e do posicionamento, temos a ação. Afinal, de que adianta clarificar os termos se não temos como tomar atitudes que modifiquem nossa relação com a Terra?

Não há como descansarmos sem destinar corretamente nosso lixo, buscar o aumento da reciclagem e o menor uso de recursos naturais, de passar para as novas gerações esses dois conceitos tão amplos e complementares. Esse papel, que, durante muito tempo, coube aos ambientalistas, hoje é responsabilidade de todos, e o cidadão consciente está preocupado com as questões ambientais independentemente de sua profissão, faixa etária ou classe social.

Diante disso, nos cabe indagar: será que estamos próximos de uma sociedade que realmente possui um desenvolvimento sustentável e vive com sustentabilidade? O que você acha?

 

 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento