Página Inicial » Gotas de Sabedoria



 

     Desiderata

No meio do barulho e da agitação,
Caminhe tranqüilo, Pensando na paz
que podes encontrar no silencio.
Sem te humilhar, procure viver em harmonia
Com as pessoas que te cercam.
Fale a tua verdade, clara e mansamente,
escute a verdade dos outros,
pois eles também têm a sua história.
Evite as pessoas agitadas e agressivas:
Elas afligem o nosso espírito.
Não te compares aos demais,
olhando as pessoas como superiores ou inferiores a ti.
Isso te tornaria superficial e amargo.
Viva intensamente os teus ideais
E o que já conseguiste realizar.
Mantenha o interesse no teu trabalho.
Por mais humilde que seja:
Ele é o verdadeiro tesouro
na contínua mudança dos tempos.
Sê prudente nos negócios,
porque o mundo está cheio de espertos.
Mas não feches os olhos para o bem que sempre existe.
Há muita gente lutando por nobres causas.
Em toda parte, a vida está cheia de heroísmo.
Sê fiel a ti mesmo.
Antes de mais nada, não finjas afeição
e não transformes o amor em uma brincadeira.
Pois no meio de tanta indiferença e desencanto,
Ele é perene como a relva.
Aceite com carinho o conselho dos mais velhos
e sê compreensivo com os
Impulsos inovadores da juventude.
Cultive a força do espírito
E estarás preparado para enfrentar
as surpresas da sorte adversa.
Não te desesperes com Perigos imaginários:
Muitos temores têm sua origem
no cansaço e na solidão.
Ao lado de uma sadia disciplina,
conserva, para contigo mesmo, uma imensa bondade.
Lembra-te: és filho do universo,
Irmão das estrelas e árvores,
Tens o direito de estar aqui
E mesmo se não vês o traço do caminho,
A terra e o universo Vão cumprindo o seu destino.
Procure, pois, estar em paz com Deus,
Seja qual for o nome que lhe dás.
No meio dos teus trabalhos e aspirações,
Na fatigante jornada pela vida,
Conserva, no mais profundo do teu ser
A harmonia e a paz.
Acima de toda a falsidade, sofrimento
e desengano, o mundo ainda é bonito.
Caminha com cuidado.
Faça tudo para serdes feliz.

Inscrição datada do ano de 1692. Foi encontrada numa sepultura, na velha igreja de S. Paulo de Baltimore

 

UMA VEZ PERGUNTARAM A CONFÚCIO:

"O que mais o surpreende na humanidade?"

E ele respondeu:

"Os homens que perdem a saúde para juntar dinheiro e depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.

Por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem o presente, de tal forma que acabam por nem viver no presente nem no futuro.

Vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido . . ."

 

  RECOMENDE NO GOOGLE +1:


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento