Página Inicial » Temas Polêmicos


 
|02|

 

Resposta a Cristão Liberal    
José Moreira Silva


 

João 3:11 Na verdade, na verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos o que vimos; e não aceitais o nosso testemunho.
E porque razão eu devo aceitar o testemunho de alguém? Se você chegar até mim e falar que viu um disco voador, e não quiser me mostrar o tal disco, eu sou obrigado a crer em você? Crer não é uma ato de força, a crença verdadeira vem da evidência.

Neste ponto tenho que te dar toda a razão. Porém , creio que naquela época eles possuíam uma prova , pelo menos , testemunhal acerca do que falavam.
Prova testemunhal tem muito pouco peso nos tribunais porque em geral o ser humano exagera e mente o tempo todo. Por isso os tribunais procuram usar muito mais evidências físicas que testemunhais. Acho que você mesmo deve ter notado como as pessoas procuram sempre puxar a sardinha para o seu lado quando estão argumentando. Elas procuram ver somente aquilo que querem provar e ignoram o que lhes desagrada. Outro ponto interessante é que mesmo quando a pessoa é sincera, o que é difícil de encontrar, ela muitas vezes não presta atenção nos fatos e acaba enfeitando muito. E a frase acima deixa claro que o ouvinte não tem prova alguma tanto que o autor da frase diz que eles viram, mas não diz que o ouvinte viu.

3:12 Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?
Acredito que aqui se refere ao simples fato de nossa dificuldade crer naquilo que já conhecemos do dia-a-dia e faz menção do espanto em se falar daquilo que nem sonhamos existir;
É justamente o que estou falando. Se você me falar que conhece o presidente da republica pessoalmente eu vou duvidar, imagina me falar que foi levado por um disco voador até o planeta Vênus e lá encontrou um et de três cabeças. Para o primeiro enunciado é possível provar ou não sua afirmação (Isso é cientifico porque dá para você verificar) , mas a segunda afirmação é impossível de verificação, sendo assim acreditar em você seria pura tolice da minha parte. Para você provar uma coisa fantástica você precisa de muito mais evidência pois elas desafiam o bom senso.

Imagine O Filho de Deus falando acerca dos mistérios celestiais a homens que não conseguem sequer conviver em paz uns com os outros.
Bem uma coisa não tem nada a ver com a outra. A primeira parte se refere a uma alegação fantástica que é impossível de provar pois não temos acesso a reinos celestiais, eu simplesmente ia acreditar que esses reinos celestiais não passam de imaginação do proponente da alegação.

Agora a segunda parte é mais fácil de responder porque você está falando de coisa que conhecemos. Homens e paz. E quando você fala paz eu também penso em guerra. As pessoas sempre vão discordar porque no dia a dia muitas vezes é muito difícil determinar quem está certo e que critério devemos usar para dar razão ou não a alguém. Mas quando você estabelece um critério, então fica mais fácil. Os homens tem guerra porque ainda aceitam a violência como forma de decidir quem está certo ou errado. Enquanto aceitarem a violência ao invés do debate e da argumentação, a violência vai continuar. Alguns já procuram não usar a violência para se impor, preferem seguir regras de certo e errado, mas há outros que ainda fazem uso da violência. Você tem que ser violento com os violentos porque eles não te dão outra alternativa(Um ser violento vai interpretar tuas argumentações como fraqueza e vai querer te humilhar mais ainda) e usar o debate com os que aceitam as regras de certo e errado.. Por essa razão eu me preparei para o debate e para a luta. Eu uso as duas formas de guerrear de acordo com o estilo de vida escolhido pelo meu oponente.
E credulidade é virtude? Porque eu deveria acreditar em coisas celestiais? Só porque alguém fala que existem? Não estaria este céu só na cabeça dos que falam? Como vou saber que esse céu existe de fato? Acho nocivo desenvolver esse tipo de atitude de credulidade nas pessoas. Não é a toa que muitos seres humanos se entregam a seitas nocivas. As religiões oficiais pregam que credulidade é virtude. E a prova está aqui.

Concordo com você, infelizmente existe, seres capazes de qualquer coisa para obter lucro pessoal , até mesmo usar a Palavra de Deus para escravizar e explorar seus semelhantes.
Não é somente pelo lucro pessoal que as pessoas querem ser lideres religiosos. Existe o poder também. Certos lideres não querem dinheiro (Apesar de não recusarem), eles querem ter poder sobre o próximo.. E também existem os megalomaníacos, homens sinceros na crença, mas que começam a imaginar que Deus está dentro de si o tempo todo e começam a achar que sua vontade é a mesma que a vontade de Deus. Querem pessoas para moldarem a sua imagem já que se consideram Deus na terra. E Deuses moldam homens a sua imagem. Os sinceros são os mais perigosos porque realmente crêem que Deus não sai do seu lado. Imagina o poder que uma pessoa imagina ter se Deus está a seu serviço 24/7 ?(24 horas por dia, 7 dias por semana)
Um outro motivo é a vaidade. Se você é o porta-voz de Deus, você é Deus na terra. Não esqueça. E isso lhe trás um sentimento de satisfação incrível.
Só apontei algumas razoes, mas existem várias.

Seitas existem aos montes , todas querendo a mesma coisa --- poder!!!!
Foi um dos pontos que apontei acima.

Até as religiões oficiais tem um desejo enorme por este poder secular
Eu não estava falando do poder secular acima e sim do poder psicológico. Da satisfação de ter poder sobre os outros. Quanto ao poder secular, as religiões do ocidente dificilmente o conseguirão porque existem muitas denominações. E quanto mais tiver melhor. Como existem várias religiões, uma se encarrega de não deixar a outra adquirir muito poder político porque as religiões sabem o que acontece se uma delas adquirir poder político. Ela vai perseguir todas as outras e tentar exterminá-las de um modo ou de outro. Porque cada religião acha que é dona do único verdadeiro Deus e um Deus não consegue conviver com outro. Me lembrei do Highlander "There can be only one" "Só pode haver um"

Recordo que certa vez ouvir um pastor dizendo que o governo deveria tratar os pastores como representantes oficiais ( nem lembro de que ) e deveriam ter passagens gratuita em aviões para serviços missionários --- deixe-o falando sozinho--- porque seu raciocínio era ridícula para realidade , era fora dos padrões de Deus.
Inclusive os evangélicos deveriam tentar impedir que o Dia de Nossa Senhora fosse um feriado. Isso é inconstitucional. O estado não pode se misturar com nenhuma religião em hipótese alguma. Isso é necessário para manter a pluralidade religiosa. Se o estado mostrar preferencia por uma religião e começar a apoiá-la e ela ganhar poder político (There can be only one), ela vai exterminar todas as outras.

3:13 Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu.
Como eu não conheço ninguém que desceu do céu ou subiu ao céu. Como nunca vi isso acontecer e também nunca conheci ninguém que tenha visto isso, exigir que alguém acredite é um ato extremamente arbitrário. Devemos acreditar naquilo que condiz com os fatos mais comuns do dia a dia. Que tenham um quê de bom senso. Não é a toa que as multidões acreditam nas coisas mais idiotas. A origem está aqui.

Jesus , aqui fala do fato de somente Ele conhecer as Verdades da Eternidade , os Mistérios de Deus e a Vida Eterna e a impossibilidade de falar detalhadamente sobre elas naquele momento , porque sua missão era de reconciliar Deus com o homem e não de levar ninguém ainda para a presença (entender como física ) de Deus.
Mesmo que ele falasse detalhadamente. Mesmo que falasse por 40 anos sobre isso e me contasse todos os detalhes do céu, de Deus e da Vida Eterna, eu não teria absolutamente nenhuma obrigação de acreditar nele. Veja bem, ele estaria falando de coisas que não podem ser confirmadas de modo algum. Como venho dizendo ciência e religião são coisas completamente diferentes. Um cientista jamais acredita na palavra de ninguém. Palavras nada significam. Você tem que mostrar, que provar. E quanto mais fantástica sua alegação maiores devem ser as provas. Um cientista teria que ser levado até o céu e tem mais, ele teria que ter um meio de levar todos que ele contar a história até o céu porque ele não ia querer que ninguém acreditasse nele só pela sua palavra. Isso seria religião: Crença baseada na palavra de alguém. Ciência não crê em homens, crê somente em fatos e provas.

3:14 E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado;
Que provas existem que Moisés levantou a tal serpente?
Desconheço provas fisicas da existência de Moisés e do levante da tal serpente , porém interpreto Moisés como o autor do Pentateuco , apesar de toda a controversia acerca da autoria do livro; logo seu nome poderia não ter sido exatamente Moisés.
o nome do personagem não importa para um cientista. As alegações feitas no pentateuco não podem ser verificadas, sendo assim não tem o menor valor. A ciência só se preocupa com proposições que são passíveis de verificação, se não forem vão para a lata do lixo. Experts que tentaram determinar quem escreveu o Pentateuco chegaram a conclusão que foi escrito por pelo menos 4 pessoas devido ao estilo de escrita (eu e você por exemplo temos jeitos diferentes de escrever) e por outros fatores, isso é o máximo que puderam determinar até agora. E há quem duvide e há os experts que afirmam o oposto (Dizem que comprados pela religião , quem vai saber?). Você acredita em quem você quiser de acordo com o que você quer acreditar.
Alguns Arqueólogos não crêem que houve uma passagem de judeus pelo deserto como diz a bíblia. Que o V.T. foi escrito na Babilônia em 500 a.C. e indicam vários pontos para provarem suas alegações. Você acredita no que você quiser, os céticos vão acreditar nos arqueólogos e os religiosos vão buscar outros arqueólogos ou experts para provarem o seu ponto. Cada um tenta defender aquilo que já acredita e não a verdade em si. Dificilmente você encontra alguém que só quer a verdade mesmo. É muito difícil para um cientista manter sua imparcialidade, imagina pessoas comuns.

Assim como José de Arimateia e Nicodemos , poderiam ter outros nomes e o relato ter alterado para proteção
Parece estranho , mas é uma teoria sobre espionagem , comum naquelas épocas , a alteração de fonemas usado por conhecedores da linguagem num código de proteção de seus escritos.
Tudo isso ai é irrelevante porque não pode ser provado. Como disse antes se uma coisa não puder ser verificada vai direto para a lata do lixo. Você pode ter milhares de hipóteses a respeito, mas acho que não dá nem para se formular uma teoria porque fatos que é bom são praticamente inexistentes.
Que provas existem que Moisés existiu de fato? A bíblia não é diferente de outros livros mitológicos escritos pelos antigos. Você acharia justo se eu te forçasse a acreditar nos mitos egípcios? Nos mitos gregos? Nos mitos nórdicos? porque razão deveria acreditar nos mitos hebreus? Eu os ponho na mesma categoria. Povos antigos misturavam imaginação, fantasia e realidade o tempo todo. E quando um livro fala sobre serpentes que falam, jumentos que falam, dragões, etc. como a bíblia, ele mostra mais ainda que não passa de mitologia.

Há algum tempo postei neste news um material fazendo analogia entre as mitologias e os cultos afro; fazendo analogia entre as figuras mitológicas e as entidades do culto afro; citei a fonte como sendo de uma pesquisa disponível na UERJ feita pelo doutor Herman do curso de História - turma de 1978 ( não tenho certeza do ano).
Você quer dizer que conhece outras mitologias? Acho isso ótimo porque ai você vai começar a fazer suas comparações. Parabéns pela coragem de estudar outros mitos. Geralmente igrejas não gostam que fiéis conheçam outros pontos de vista porque senão as pessoas começam a questionar a fé.

3:15 Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Nunca vi nenhum cristão com 2000 anos de idade. Todas as pessoas passam pelo processo natural de nascimento, vida e morte. A vida eterna é uma promessa que só satisfaz aqueles que não aprenderam a viver nessa. Acham sua vida uma porcaria e por isso preferem acreditar numa fantasiosa vida após morte que tirar proveito dessa. A única vida que conheço é essa, não existem provas que existem outras, sendo assim, é mais racional eu contar somente com essa. Se existir outra é lucro.

Nem verá porque Jesus jamais prometeu vida eterna neste corpo ou neste mundo.
O que é mais suspeito ainda. Ou melhor, para a ciência isso nada significa porque não temos como verificar. É simplesmente a palavra de um homem que pode simplesmente ter um monte de alucinações, mania de grandeza, fantasias, etc. a ciência só se interessa por coisas deste mundo porque ainda não temos como verificar a existência de outros. Não conhecemos nem 5% desse (peguei qualquer numero porque como não sabemos o tamanho do universo não dá para calcular o quanto sabemos). Querer falar de outros mundos é algo além da nossa atual compreensão e portanto é perda de tempo pesquisar isso.

Quanto a crer numa vida após esta , isto é questão de fé.
Exatamente. E fé é uma crença que não podemos comprovar. Uma pessoa acredita ou não. Acredita em quem falou ou não por um ato de vontade e não por um ato intelectual. A pessoa quer acreditar ou não quer por causa de fatores psicológicos e não por causa da busca pela verdade. Geralmente as pessoas que querem a segurança trazida por certezas, acreditam em tudo isso.
Existe até uma teoria psicológica para isso. Um bebe no útero ou uma criança tem tudo que precisam e tem certeza de tudo porque seus pais lhes explicam. Quando crescem tem que enfrentar a dúvida e não gostam disso e se entregam a um sistema que promete uma certeza qualquer. A ciência não promete certeza porque de acordo com a ciência a certeza é uma impossibilidade.
Vou lhe dar um exemplo. Eu não posso garantir que vou acordar amanhã cientificamente pois existe a possibilidade de morrer durante o sono. Mesmo que a possibilidade for de 0000000000000,1%, ela pode acontecer. Sendo assim, eu posso ter convicção baseada nos fatos, mas nunca certeza. ¨

Ver Hebreus. 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
Quer dizer que Deus acha que a credulidade é uma virtude tão elevada que está disposto a condenar um ser humano ao inferno se não acreditar num conto de 2000 anos? Se você observar a realidade verá que se existe um Deus, ele pune os crédulos. Crédulos vivem caindo em contos e sofrendo por isso. Existem muitos estelionatários por ai e a religião ajuda a sua existência. Quando você convence alguém que para ter vida eterna essa pessoa tem que acreditar numa estória de 2000 anos, você pode convencer essa pessoa de qualquer coisa. Não é a toa que milhares de pessoas morrem por causa de crenças irracionais. A resposta a superstição humana está na bíblia. Ela prega a credulidade como se fosse uma virtude. Se credulidade é uma virtude, ser trouxa é o objetivo final do religioso.

Ninguém é obrigado a crer em contos ou fantasias , Jesus fala para se fazer provas dele e alerta sobre falsos profetas que somente viriam para enganar e roubar , usando Seu Nome e que ninguém se deixasse enganar, porque todas estas coisas tinham que acontecer para que se cumprisse Seus Planos
Ninguém é obrigado a acreditar em nada. Uma pessoa acredita em fatos ou acredita em palavras. A escolha é de cada um. Como é que vamos fazer provas de Jesus? Essa é uma impossibilidade. Se uma pessoa se convencer que Jesus está vivo e com ela, ela, por auto-sugestão vai começar a senti-lo em toda parte e vai acreditar que sua influencia a cerca porque ela vai começar a interpretar todos os fatos segundo esse prisma. Jesus se torna uma teoria abrangente para ela. Ele passa a explicar tudo que lhe acontece. Sei disso porque esse acontecimento é comum nas religiões. Budistas sentem Buda, Hindus sentem Krishna e assim por diante. É mais racional acreditar em auto-sugestão que em seres descarnados influenciando tudo.
E quanto a alertas sobre falsos profetas, isso também é muito comum nas religiões porque os lideres tem que garantir (sejam eles sinceros ou não) que aquilo que ensinaram, aquilo que acreditam, não seja modificado. Como as pessoas vivem modificando tudo que lêem ou ouvem para se adequar aquilo que acreditam, fica difícil que a doutrina não se modifique, mas os lideres sempre acham que isso é possível. Mas é impossível não se modificar uma doutrina qualquer porque as pessoas não entendem as coisas direito ou então distorcem os fatos (Até inconscientemente quando são sinceros) para que confirmem aquilo que querem acreditar. A fé vem da vontade e não do intelecto, sendo assim, ela vive distorcendo o pensamento para que ele vá para onde a pessoa quiser.
Muitos serao enganados e muitos se perderão por não entenderem a mensagem e quererem impor vontade de homens a força sobre outros homens.
O único jeito da fé ser imposta a um homem que aceita o intelecto e não a vontade como o fator dominante é a força. Como para mim, meu intelecto é mais forte que minha vontade, eu não o obrigo a aceitar nada que vá contra o bom senso, a realidade, os fatos. Para mim a vontade e os desejos são submissos ao intelecto, para os religiosos é o oposto, sendo assim, são dois tipos de pessoas completamente diferentes e fica até difícil falarem a mesma língua.

3:17 Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.
Quer dizer então que ninguém vai para o inferno se não acreditar nesse conto? Se para ser salvo eu preciso ser crédulo e jogar todo meu bom senso na lata do lixo, eu prefiro ser condenado. Um homem ser condenado ou não pelas suas ações é compreensível. Mas ser salvo ou não pela sua credulidade é tão irracional que chega a ser incompreensível para mim que alguém aceite isso. Não consigo nem imaginar o cérebro das pessoas que aceitam a credulidade como virtude.

A ação que leva a condenação é de não crer que Deus deu Filho para morrer pelo seu (nosso) pecado e não a ação de manter o bom senso ,
Só que para crer nisso eu tenho que jogar o bom senso na lata do lixo. Tenho que jogar tudo que vejo na minha frente, tenho que jogar tudo que a natureza me ensina diariamente na lata do lixo. Para você tapar os olhos e calar o intelecto você tem que ter muita força de vontade e tem que exerce-la constantemente senão você não consegue por que os fatos são esmagadores contra isso. Como eu já te disse, meu intelecto é mais dominante que minha força de vontade. E também por tendências naturais, é muito mais fácil para mim seguir meu intelecto que força-lo a ficar quieto e aceitar algo como verdadeiro sem poder comprovar.

Até porque a Biblia aconselha sempre a ter-se bom senso.
o bom senso que ela fala é sobre outras coisas e não sobre as verdades bíblicas. Essas, você não pode questionar, pode discutir pontos de interpretação, mas não pode discordar de nada e deve aceitar tudo como verdadeiro, mesmo que tenha que usar toda a força de vontade para ludibriar o intelecto.

Infelizmente existem muitos aproveitadores e a história mostra isto claramente ,
Isso acontece porque a bíblia promove a credulidade. Ela não prova nada que afirma e você tem que aceitar tudo sem questionar. Quando você se acostuma a usar a vontade para calar o intelecto, então se torna presa fácil de aproveitadores. Você vai acreditar em algo não pela força da evidência e sim por que você quer acreditar. E se você falar com estelionatários verá que eles sempre ludibriam com uma isca e a isca é sempre algo que a pessoa quer a qualquer preço. Ludibriar pessoas com integridade intelectual e que não deixam seus desejos influírem na sua avaliação dos fatos é muito difícil.

Infelizmente estes loucos tem seguidores até hoje ( veja a ICAR como é cheia de pessoas acreditando que o papa é infalivel e que ele tem poder de dizer o que é ou não pecado).
Isso prova justamente o que eu falei até agora. As pessoas acreditam que o papa é infalível não por causa de fatos e sim por que querem acreditar nisso. E elas querem acreditar nisso porque se sentem seguras tendo uma certeza qualquer. É preciso muita coragem para enfrentar a dúvida. Viver na dúvida não é fácil. Todos os cientistas como eu passam por um período de tristeza antes de se acostumarem a viver assim. Mas no final você descobre que sem a dúvida não existe a liberdade de pensamento e ai você começa a abraçar o desconhecido com alegria. E você também descobre que se uma pessoa acha que sabe tudo, ela nunca vai procurar a verdade. (Eu prefiro a probabilidade cientifica do que a certeza da palavra de homens falhos.) Prefiro acreditar naquilo que meu pobre intelecto é capaz de apreender da natureza do que em todas as verdades anunciadas por homens que tiram tudo da sua cabeça de lugar nenhum.

3:18 Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.
Está aqui a confirmação do que falei acima. Só crédulos serão salvos segundo o cristianismo. Não importam as virtudes ou defeitos da pessoa. A única virtude aceita pelo Deus cristão é a credulidade absoluta. Transformar credulidade em virtude, transforma-la em objetivo máximo do ser humano acima de todas as outras é a realização máxima do cristianismo. Quando vocês ensinam seus filhos que credulidade é virtude máxima, e eles se entregam a seitas perigosas, não se surpreendam, você plantaram e agora estão colhendo.

3:19 E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más.
Muito pelo contrário. Eu amo a luz e pelo que eu saiba, a luz é captada pelos olhos e não pelos ouvidos. Trevas é a ignorância. Considerar um crime imperdoável recusar acreditar em um conto mitológico é tão absurdo que não tenho palavras para expressar a minha tristeza diante da raça humana por aceitar tal doutrina.

A ignorância vem pelo não ver e pelo não ouvir.
Para mim o ouvido não importa muito. Eu só uso meu ouvido para ouvir outras pessoas, analisar o que estão dizendo e comparar com a realidade. Se o que dizem não tem nada a ver com o real, com o bom senso, o que dizem não vai levar a nada. Se as pessoas me pedem para acreditar em algo que não tenho como verificar, para que vou acreditar nelas? Para mim a ignorância vem pelo ouvir e depois tapar os olhos para não ver aquilo que não combina com o que se ouviu.

Quanto as obras serem más , quem não aceita que Deus o ama e viva assim , comete uma péssima obra ;
Para mim se Deus me ama ou não, não faz a menor diferença. Se ele não se preocupa em deixar claro que existe, então não me interessa procura-lo. Para mim a existência de Deus é totalmente indiferente. Tanto faz que ele exista ou não. Na minha vida eu aprendi a me virar usando meus talentos, se ele está me ajudando mas eu não sei disso, é como se não tivesse me ajudando. Se eu não estou sabendo de nada, então ele não tem existência para mim. Acho que as pessoas se preocupam demais em tentar provar através de bla, bla, bla se Deus existe ou não. Pura perda de tempo.

Porque nada além desta vida tem valor e o próximo é apenas um elemento para se tirar vantagem ,
De onde você tirou essa conclusão? Você acha que a vida do próximo não tem valor para mim? Muito pelo contrário. Como essa pode ser a única vida, já que não temos como saber se teremos outra, essa vida se torna muito valiosa, não somente a nossa como a do próximo. Para uma pessoa que só tem um real, ele é mais valioso que para a pessoa que tem um milhão. Um outro detalhe, eu convivo com a morte diariamente porque a vida para mim é só uma viagem ou uma sala de espera ou um passatempo, sendo assim, eu não levo as coisas tão a sério quanto as outras pessoas, elas se apegam a tudo. Riquezas, carros, posição social,etc. como se isso fosse durar para sempre. Para mim nada disso tem importância pois vou morrer e não vou levar nada. Eu não me mato de trabalhar, eu faço o que gosto, eu evito conflitos tolos no meu dia a dia, praticamente nunca discuto com ninguém, eu debato aqui por que gosto de examinar a mente humana, eu adoro a vida familiar e aproveito cada momento, eu adoro educar meu filho. Quando você sabe que vai morrer você aprende a dar prioridade as coisas certas. Aquilo que realmente promove a vida. Deve ser por isso que em recente pesquisa nos EUA apesar dos ateus, (ou pessoas como eu que pouco se importam se Deus existe ou não,) constituírem 10% da população no máximo, os ateus nas prisões não chegam nem a 0,001%. Quando você se acostuma com a integridade intelectual você pára de se enganar aos poucos e acaba não enganando os outros também, isso não é regra, mas eu notei que é uma tendência.

é mais um a ser enganado e passado para trás ;
Se matar para que? Se não vamos levar nada dessa vida. E eu acredito que nem outra vida vou ter e por isso, ao invés de me matar de trabalhar para ter um iate, eu vou na praia e curto o mar do mesmo jeito. O milionário também não é dono do iate. Ninguém é dono de nada. Ele só o está tomando emprestado. Os comunistas que se mataram por uma terra paradisíaca estavam se enganando, riquezas não trás felicidade para ninguém. Tudo isso é ilusão.

é um ser incapaz de fazer sem pensar primeiro em seu proveito próprio e assim , comporta-se como um animal feroz , destruindo tudo a sua frente ;
Quando uma pessoa age assim é porque está cheia de ilusões. Ela quer o poder de dominar os outros, que graça tem dominar o próximo? Se você domina alguém, você vai precisar dessa pessoa para dominar, ela se torna uma necessidade. Um precisa do outro. Eu prefiro mais relações de amizade por prazer, é mais gostoso. O chefe é necessário para por ordem, mas se eu for o chefe eu estarei pouco me lixando pelo poder, pois o poder não está vindo de mim e sim de minha posição. Se não for eu o chefe, vai ser outro. O ser humano não precisa de muito para ser feliz. Para mim me basta uma cama, uma TV, um computador, entes queridos e livros. O que mais eu vou querer? Se um milionário viaja para a frança eu viajo para o interior ou vou visitar um parente, qual é a diferença? Tudo isso é ilusão, e geralmente ateus chegam a esse ponto de vista porque a morte está sempre presente, aprendem a valorizar o que realmente tem valor porque não crêem em segunda chance.

Se observar o resumo da mensagem de Cristo , encontrarás: 1) Amarás ao Teu Deus acima de todas as coisas e tão importante como isto ;
Acho isso péssimo porque cada um vai querer que o outro ame SEU Deus mais que qualquer outra coisa e ai a briga religiosa começa. Briga idiota porque ninguém pode provar Deus de qualquer maneira. Para cada argumento para a existência de um Deus existe um outro para outro e existe um outro que diz que Deus nem existe. O que isso interessa? Essas querelas não levam a nada. Só a porradas por besteiras.

2) amarás o teu próximo como a ti mesmo.
Isso é impossível. Ninguém ama o próximo como a si mesmo. A gente as vezes nem ama a si próprio. Conheço muita gente que odeia a si mesmo. Tanto que se cometem suicídio não foi suicídio foi uma auto assassinato. Eu respeito o direito do próximo de viver como quiser contanto que não queira me usar como meio para promover sua vida contra minha vontade. Esse mandamento é mais realista. As pessoas podem cumprir sem ficar com problemas de consciência.

3) Ninguém que diz amar a Deus e não ama o seu próximo esta mentindo!!!
O problema é que o primeiro mandamento anula esse. Você tem que amar a Deus mais que a si próprio e mais que ao próximo porque você já o ama mais que você mesmo. Sendo assim, se um representante de Deus te mandar matar o próximo e a si mesmo, você obedece. Esta ai o perigo da religião.

3:20 Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. 3:21 Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.
Praticar o mal resume-se em não ser crédulo. Nisso se resume todo esse texto. Você pode cometer qualquer crime que será salvo porque é crédulo. Porque acreditou num conto de 2000 anos. Mas você pode ser a pessoa mais virtuosa do mundo, só que você não é crédulo e por isso será condenado. Que o cérebro humano aceite essa doutrina absurda está além de minha compreensão e olha que já estou estudando esse fenômeno há muito tempo.

Praticar o mal resume-se em não acreditar que Deus exista e que te ama e que deseja que você o ame e que a melhor forma que você faz isso é se importando tanto com teu próximo como consigo mesmo;
E porque Deus se importa tanto que eu acredite que ele exista? Ele não pode provar que existe? Para que essa enrolação? Se uma coisa existe, ela existe e pronto. Se Deus nem se dá o trabalho de provar que existe, porque vou acreditar que ele me ama? E como é que vou amar uma coisa que não posso nem saber que existe? E quanto a se importar com o próximo, eu faço isso porque aprendi a amar a vida porque ela pode ser a única, sendo assim, qualquer morte é um desperdício. A vida é emprestada também, ela não nos pertence porque só estamos aqui por um piscar de olhos, sendo assim deixe as pessoas viverem como quiserem contanto que não nos use para promove sua própria vida contra nossa vontade. E Deus não tem nada a ver com isso. Meu bom senso aponta para isso. O que Deus quer ou deixa de querer pouco me importa.

Tendo tempo para perdoar , para ouvir , para ajudar , para estender a mão , para ajudar na caminhada, para aconselhar e se aconselhado , para ensinar e aprender e não viver sua vida como se tudo fosse números e lucros;
Eu já deixei claro antes que quem vive brigando, pisando em todos, odiando, fofocando, causando intrigas, mentindo a toa, enganando a si próprio, alimentando ilusões, causando sofrimento, etc. está prejudicando mais a si própria que o próximo. Quem quer viver assim? Só seres irracionais. Nem eles porque os animais em geral vivem em harmonia, olhe a natureza, até os carnívoros vivem numa boa e só matam porque são obrigados pela natureza para sua sobrevivência. A vida é simples, é o homem que complica tudo com suas ilusões.

Existe mais além de ganhar dinheiro e mais além de ser bem sucedido ,
Ser bem sucedido é ser feliz não importando o que você tenha ou a sua situação atual. Tudo é passageiro e tudo vai acabar e você simplesmente está perdendo tudo aos poucos até que um dia vai perder tudo mesmo pois vai perder a vida. Sendo assim, divirta-se. A vida é um passatempo, não a leve tão a sério.

Existe mais além de saciar seu corpo e mente e existe mais além de si próprio e além do que seus olhos podem ver;
Aquilo que meus olhos não podem ver não me interessam. Cientistas descobriram o átomo, descobriam um monte de coisas que não posso ver com meus próprios olhos, creio neles porque sei o método que usam para chegar ao conhecimento e não porque poderei constatar tudo. Todas as pessoas tem valor porque cada um, seguindo sua natureza, contribui para o sucesso da sociedade como um todo. Os astrônomos pesquisam os astros, eu não. Físicos pesquisam a base da realidade, eu não. Como disse creio neles porque creio no método e não nas pessoas. E quando um cientista fala de algo fora da sua alçada, sei que está falando como um homem e não como um cientista e ai vou achar interessante, mas não vou levar a sério o que ele diz. Eu creio é na ciência mesmo porque ela provou seu valor através de sua metodologia. Prefiro acreditar nisso do que acreditar na palavra de homens que podem estar loucos, como vou saber?

Mas tenha cuidado porque muitos tentaram roubar seus bens e alguns sua alma.
Se roubarem meus bens, eu adquiro outros. Como disse, tudo é emprestado. Vou deixar tudo para trás mesmo. E quanto a alma, pouco me interessa também se existe ou não. Eu não tenho consciência dela. E aquilo que não existe para mim é como se não existisse de fato e assim não tem o menor valor e vai para a lata de lixo.

 


 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento