Página Inicial » Carreira Pessoal




|02|
 

 Faça pequenas empresas concorrer com as gigantes em 6 lições

A opinião é de Vinicius Roveda, fundador da ContaAzul, plataforma de sistemas de gestão para pequenas empresas. Roveda foi um dos participantes do Case 2014, conferência de empreendedorismo digital realizada pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups).

Ao público, formado por empreendedores ligados ao mundo das empresas nascentes, Roveda falou de sua trajetória e do que, segundo ele, é necessário para que startups consigam concorrer com gigantes do mercado:

1. Seja fascinado pelos seus clientes
Para conquistar e fidelizar sua base de consumidores, é importante valorizar quem compra seu produto ou serviço. Esse mantra baseia a operação de qualquer empresa bem-sucedida, independente do tamanho. No entanto, pequenas empresas devem ir além.

Roveda afirma que é preciso ter um verdadeiro fascínio pelos clientes. "Queremos saber tudo sobre a vida deles. Ao saber o que eles fazem, o que desejam, suas preocupações e as diferenças de perfil entre eles, criamos soluções que os clientes amam."

2. Tenha "encantadores"
O estudo intenso do comportamento dos clientes deve, segundo o fundador da ContaAzul, ser precedido por uma estrutura de atendimento. "Nosso suporte é feito sem script. Prezamos pela qualidade e não pela quantidade de problemas resolvidos, o que deixa nossa equipe mais satisfeita. Ao atendermos bem, cativamos nossa base de clientes."

3. Seja transparente
Na ContaAzul, todos os funcionários têm acesso a informações raramente compartilhadas por empresas de qualquer tamanho. "Os salários e as metas da ContaAzul estão abertas a todos. Com essa transparência, mostramos aos empregados onde estamos, aonde queremos chegar e o que eles podem conseguir."

4. Estabeleça uma cultura. E não a largue
Roveda valoriza bastante a cultura de sua empresa. Segundo ele, muita coisa pode mudar durante a vida de um negócio, mas sua essência não pode ser renegada. "Nunca vamos deixar de ouvir o que qualquer colaborador quer dizer e trabalhar com muita comida e diversão, por exemplo, entre outros valores."

5. Sonhe alto
Para o empreendedor, todos devem sonhar alto — em dominar o mundo, assim como Pinky e Cérebro, dupla de ratos cientistas dos desenhos animados. "Costumo usar uma frase dita pelo Beto Sicupira [brasileiro sócio da cervejaria InBev e da rede de restaurantes Burger King]: sonhar grande e sonhar pequeno dá o mesmo trabalho. Nosso sonho é ser a maior plataforma de gestão para empreendedores do mundo. E não vamos descansar até atingirmos este objetivo."

6. Mas seja paciente
Apesar das altas expectativas, Roveda afirma que o caminho é tortuoso. "Creio que, em nossa empresa, mais de 80% do que planejamos não da certo. É preciso ter foco é muita persistência para conquistar o sucesso", diz.

 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento