Página Inicial » Carreira Pessoal




|01|
 

Oito dicas inusitadas e surpreendentes que ajudarão você a arrumar um emprego

Com três décadas de experiência, Bill Ellermeyer diz que solução não é ficar procurando. Bill Ellermeyer é um dos maiores especialistas em consultoria para procurar emprego. Segundo ele, sua especialidade é “transição de carreiras” para profissionais do mundo executivo.

Veja a seguir os segredos:

1. Pare de procurar por um emprego

Muitos desempregados que procuram por um emprego saem espalhando currículos por aí. “Se você mandar 500 currículos para amigos, família e empresas, ninguém irá parar para ajuda-lo”, explica o especialista. Você deve reservar o seu currículo para empresas nas quais você tem chances reais. Em vez de ficar atrás de oportunidades como um desesperado, deixe que as pessoas saibam que você sabe resolver problemas. Procure por relações de qualidade.

2. Pare de mexer no seu currículo

É bom ter um currículo impresso, mas um número crescente de contratadores prefere simplesmente olhar a sua conta no Linkedin. Além disso, muitas empresas só querem saber os fatos mais básicos da sua carreira. Por isso, o currículo deve ser claro, limpo, simples e não ter mais de duas páginas.

3. Esqueça o discurso pronto

“Depois de 20 segundos, ninguém consegue se lembrar daquele discurso decorado”, afirma Ellermeyer. Ele recomenda que você conte a sua história. “As pessoas se lembram de histórias, ninguém quer ficar ouvindo fatos e números.”

4. Não fale sobre você

Em vez de conduzir as conversas com os últimos acontecimentos da sua vida, descubra como servir os outros. Muitas pessoas acham que conseguir novos contatos significa falar sobre as suas conquistas. Em vez disso, pergunte sobre os interesses e as necessidades de quem está o entrevistando.

5. Não vá a eventos de networking

Em vez disso, tente criar a sua própria rede de contatos. Faça um café da manhã para um grupo de oito ou dez pessoas. Invista na criação de um networking no qual você escolhe os integrantes.

6. Faça pausas

O processo de procura por um emprego pode ser muito delicado, principalmente depois de cinco entrevistas e nenhum resultado. “Deixe suas recusas na sala da entrevista”, aconselha Ellermeyer. Se você está tendo um dia ruim, pesquise e veja o seu e-mail. Um dia parado pode ajudá-lo, assim como o apoio da família.

7. Não diga que está desempregado

Em vez de se apresentar como um executivo desempregado, dê um cartão de apresentação. Lembre-se: você não está sem trabalho, mas “entre empregos”.

8. Evite recrutadores (head hunters)

Recrutadores têm conhecimento de cerca de 10% dos empregos apenas e, além disso, trabalham para as empresas, e não para você. Depois de enviar o seu currículo, siga em frente com a sua própria procura por vagas.

 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento