Página Inicial » Humor



|01|

 

   Lógica Portuguesa

Brasileiro faz piada com português, por não entender que os dois povos têm lógicas diferentes. O português é mais literal, cultiva um preciosismo de sintaxe.

Veja só:

Uma conhecida dirigia por Portugal, quando viu um carro com a porta de trás aberta. Solidária, conseguiu emparelhar e avisou:
"A porta está aberta!"
A mulher que dirigia conferiu o problema e respondeu irritada:
"Não, senhora. Ela está mal fechada!"

Outro brasileiro, conhecido nosso, estava em Lisboa, e, numa sexta-feira, perguntou a um comerciante se ele fechava no sábado. O vendedor disse que não. No sábado, o brasileiro voltou e deu com a cara na porta. Na segunda-feira, cobrou irritado do português:
"O senhor disse que não fechava!"
O homem respondeu:
"Mas como vamos fechar se não abrimos?"

Um amigo jornalista, hospedou-se há um mês num hotel em Évora. Na hora de abrir a água da pia, se atrapalhou. Na torneira azul estava escrito: "F". Na outra, preta, também "F". Confuso, quis saber da camareira o porquê dos dois
é fes. A moça olhou-o com cara de espanto e respondeu, como quem fala com uma criança:
"Ora pois, pois, Fria e Fervente!"

Acrescento o acontecido com o meu amigo Cassulino: em Lisboa, a passeio, resolveu comprar uma gravata. Entrou numa loja do Chiado (bairro de lojas finas), e além da gravata comprou ainda um par de meias, duas camisas
sociais, uma pólo esporte, um par de luvas e um cinto. Chorou um descontinho e pediu para fechar a conta. Viu então que o vendedor pegou um lápis e papel, e se pôs a fazer contas, multiplicando, somando, tirando porcentagem
de desconto, e aí intrigado, perguntou:
"O senhor não tem máquina de calcular?"
"- Infelizmente não trabalhamos com electrônicos. Mas o senhor pode encontrar na loja justamente aqui ao lado".

Esta aconteceu com minha prima. Tinha passado em Londres cerca de dois anos:
ela fazendo um doutorado em mineralogia e ele em administração. Na volta, percorreram a Europa e pararam uns dias em Lisboa, antes do regressarem ao Brasil. Minha prima foi comprar um pão e, na padaria, indagou se eles não
tinham pão francês. O vendedor respondeu:
"Não senhora... Todo pão é fabricado aqui mesmo!"

 

 

 

  RECOMENDE NO GOOGLE +1:


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento