Página Inicial » Dicas de Viagem


     
 
11 dicas para uma viagem de carro perfeita
 

Certifique-se de que nada dará errado durante a jornada sobre quatro rodas. De preferência, antes de começá-la

Resolveu deixar de lado as chateações de aeroportos e rodoviárias para fazer uma viagem de carro? Para que a decisão revele-se acertada é importante seguir alguns passos. Pegar a estrada é sinônimo de liberdade e autonomia, mas pode ser bastante cansativo. Principalmente quando algo dá errado.

1. Calcule os gastos com gasolina e pedágio
Diferente de viagens de ônibus ou de avião, nas quais você já compra as passagens com antecedência e sabe exatamente quanto gastará, o custo de uma viagem de carro pode estar mascarado. O site “Mapeia.com” pode ser bastante útil para conferir a viabilidade da empreitada. Nele há uma ferramenta que calcula o custo dos pedágios que estarão pelo caminho e quanto deverá ser investido em gasolina.

2. Revise o veículo com antecedência
Faróis e freios têm que estar funcionando corretamente. Leve o carro ao mecânico com ao menos 15 dias de antecedência para ter certeza de que qualquer reparo necessário será realizado a tempo. Cheque os níveis de óleo e água. Antes de entrar na estrada, encha todos os pneus, inclusive o estepe – mas este não servirá para nada se você não souber trocar um pneu. Não sabe? Talvez seja melhor aprender antes de viajar.

3. Evite deixar a cidade na hora do rush
Ninguém quer começar uma viagem longa se estressando por conta do trânsito caótico da metrópole. Além disso, sair no horário errado pode alongar bastante o tempo dentro do carro. Saia de manhã, antes das 7h, à tarde, entre 13h e 16h ou à noite, depois das 20h.

4. Não confie cegamente no seu GPS
Ele é seu fiel companheiro, sem ele você se perderia todos os dias da sua vida? O amor pelo GPS pode ser absolutamente genuíno e compreensível. Mas a verdade é que, longe de casa, ele pode vir a falhar, ditando caminhos perigosos ou sem asfalto. Principalmente se ele estiver desatualizado. O bom e velho mapa, por outro lado, tem todos os caminhos possíveis. Resgate-o do fundo da gaveta.



5. Viaje com alguém que você goste bastante
A dica, que vale para qualquer viagem, pode ser primordial no caso de um longo trajeto percorrido de automóvel. Não há para onde correr dentro do carro. Aquelas pessoas que ali estão são as únicas com quem você irá conviver pelas próximas horas – e em um espaço confinado. Certifique-se de que você as conhece bem.

6. Não esqueça o protetor solar
Você não quer ficar com a marca da camiseta no braço, certo? Para não esquecer, é só pensar na voz do jornalista Pedro Bial naquela música que circulou nas rádios há alguns anos. “Use filtro solar”.

7. Cheque sempre o nível de gasolina
Não espere o marcador de gasolina ficar no vermelho e piscante para lembrar-se da existência dele. Você nunca sabe a que distância estará o próximo posto. Se o tanque estiver com menos de dois terços da capacidade total significa que é hora de abastecer.

8. Prepare as músicas com antecedência
Trocar CDs ou escolher uma música no MP3 Player enquanto dirige a 100 Km/h não parece a melhor das ideias. Você confia no gosto musical daqueles que te acompanharão na viagem? Na dúvida, escolha com antecedência o que vai querer ouvir durante o trajeto, mas certifique-se de escolher algo que todos os passageiros apreciarão.

9. Leve comidas e bebidas
Levar a própria comida de casa é melhor do que confiar em postos de gasolina suspeitos pelo caminho. Além disso, é uma forma de economizar. Opte por frutas e sanduíches leves, que não pesem no estômago. Leve também bastante água, para manter todos hidratados.

10. Seja flexível em relação ao caminho
Talvez tenha algo interessante no trajeto: uma cachoeira, uma antiga estação de trem ou o melhor rocambole do País. Não tenha medo de desviar um pouco o caminho para aproveitar surpresas não planejadas.

11. Mantenha as crianças ocupadas
Dispersas por natureza, crianças podem transformar uma viagem tranquila em caos total. Você conhece seus filhos/sobrinhos/netos, leve o que quer que seja que funciona com eles. Videogames portáteis ou histórias em quadrinhos podem funcionar com algumas crianças, mas outras podem se sentir enjoadas. Músicas fáceis de cantar e brincadeiras que exercitem a mente dos pequenos são boas pedidas.

 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento