Página Inicial » Dicas de Viagem


     
 
Vai viajar sem pacote? Saiba como organizar seu transporte
 

10 dicas para se locomover durante a viagem sem contar com um guia turístico ao lado

1- Planejar-se com bastante antecedência é o principal segredo da economia, especialmente nos gastos com transporte aéreo. Procure comprar suas passagens no site da companhia aérea com pelo menos dois meses de antecipação. Cadastre-se no site da empresa para acumular milhagens e utilizá-las depois. (Leia também: Compre passagem aérea na promoção)

2- Em viagens internacionais, especialmente em voos domésticos dentro da Europa, procure conferir um dia antes ou no dia da viagem se a data e horário do voo permanecem os mesmos. É comum que haja remanejamento de voos em companhias que fazem trechos domésticos e que o aviso de mudança seja dado em cima da hora.

3- Especialmente na Europa, viajar de trem é uma boa ideia. Você pode comprar passagens com desconto horas antes do embarque ou com alguns dias de antecedência. Nesse caso, só atente para não perder o trem, pois a passagem geralmente não é reembolsada.

4- Em viagens de ônibus, antecipar-se não é necessário, a não ser em época de alta temporada (verão e férias, principalmente), quando os leitos acabam com rapidez.

5- Evite vans e lotações de viagem, mesmo que sejam trechos curtos. É preferível pagar um pouco mais em um ônibus de uma empresa bem estabelecida e viajar com segurança a ter surpresas desagradáveis mais tarde.

6- Em viagens longas, certifique-se de que o ônibus tem ar-condicionado e se este funciona bem – em geral, no Brasil, o ar condicionado costuma congelar os passageiros. Tenha sempre uma manta na mochila, além de água e alimento.

7- No litoral brasileiro, especialmente em lugares ermos, é comum que o transporte seja feito em barco, lanchas e canoas. Informe-se com os locais quais são os prestadores de serviço mais confiáveis (nem sempre são os mais populares ou maiores).

8- Em cidades do interior é comum o serviço de mototaxista. É uma boa “adotar” um desses profissionais como seu “mototaxista” oficial durante a estadia. Negocie preços com ele e peça dicas de lugares interessantes para visitar. É conveniente e barato para você e lucrativo para ele.

9- Em cidade onde há o serviço de aluguel de bicicleta, procure utilizá-lo. Além de mais barato, é sempre uma opção prazerosa de conhecer o destino sob outro ângulo.

10- Em cidades pequenas onde não há esse serviço, procure algum local que tenha bicicleta e proponha o aluguel. Será bom para vocês dois. Às vezes é possível alugar até cavalo. Aproveite as vantagens da “informalidade” natural do brasileiro.

 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento