Página Inicial » Dicas e Truques



|05|

 

Liberando espaço em disco


  

Você é como eu, um pé-ralado que não tem verba para comprar um HD novo e o seu atual está próximo da lotação? Bom, com as dicas abaixo, provavelmente você conseguirá minimizar este problema =).

As dicas abaixo foram retiradas de fóruns e sites da internet, então fica difícil creditar alguém. Eu compilei aquelas que eu acho que valem a pena e pus aqui. ATENÇÃO: Eu não me responsabilizo por qualquer problema que alguma destas dicas venham a causar! Eu já testei todas aqui e deram certo, porém é difícil assegurar que tudo vai correr perfeitamente. Use por sua conta e risco.

Estas dicas estão fundamentadas no Windows XP SP2, porém a grande maioria serve para sistemas mais antigos também. Dúvidas, poste aqui, e se houver algo a modificar ou acrescentar, eu o farei.

Limpe a lixeira
Tá, esta pode parecer uma dica cretina (não só parece como é das mais primárias...). Porém, usuários como eu, que desabilitam os ícones do desktop e consultam a Lixeira uma vez por ano, podem ter arquivos desnecessários por lá.

Limpe os temporários da Internet
Ao navegar em sites na Internet, o navegador baixa os arquivos contidos na página para uma pasta especial do HD. Porém, em certos casos, esta pasta fica enorme, e todos os arquivos lá podem ser deletados com segurança. Para fazer uma limpeza no cache da Internet, faça os seguintes passos: Internet Explorer: no menu Ferramentas -> Opções da internet, clique em Esvaziar arquivos. Se você salvou páginas para serem vistas off-line e não precisa mais delas, marque a caixa correspondente e clique em OK. Quando a pasta está cheia, este processo pode demorar vários minutos. Isto é normal. Se você quiser mudar o tamanho que o IE reserva para a pasta de cache (que em alguns casos chega aos GB), clique em Configurações e especifique o novo tamanho. Um cache de 10MB já é o suficiente. Mozilla Firefox: vá ao menu Ferramentas -> Opções, selecione a guia Privacidade, clique em Cache e então clique em Limpar. Se quiser, especifique um tamanho menor para a pasta de cache. Um valor de 10240 (10MB) já está ótimo.

Limpe os temporários gerados pelo sistema
O Windows e os programas instalados em sua máquina costumam gerar arquivos temporários, que geralmente são deletados automaticamente - porém nem sempre é assim. Muitas vezes essa pasta fica lotada de arquivos, e TUDO o que estiver lá, incluindo executáveis, pode ser deletado sem problemas (a não ser que algum programa muito tosco se instale no TEMP, mas eu só conheço spywares que se instalam lá...). Dependendo do sistema, há mais de uma pasta TEMP: uma dentro da pasta Windows, e outra dentro de cada perfil de usuário, no caminho Documents and Settings\usuario\Configurações Locais\Temp. Para enxergar essa pasta e todos os arquivos, você deve alterar as configurações do Windows Explorer para exibir arquivos ocultos. Depois, é só selecionar o conteúdo da pasta e mandar pro saco 8).

Use a Ferramenta de Limpeza de Disco do Windows
Essa ferramenta, embora não tenha lá uma graaande utilidade na minha opinião, pode ajudar, e muito, dependendo da situação. Para acessá-la, vá em Iniciar -> Todos os programas -> Acessórios -> Ferramentas de Sistema -> Limpeza de disco. Quando ele terminar de fazer os cálculos necessários, ele exibirá um sumário com tudo aquilo que pode ser removido. Marque as opções que desejar e mande efetuar a limpeza. Um dos itens nessa lista merece atenção: o "Compactar arquivos antigos", disponível para quem usa partições NTFS. Com isto, você pode compactar os arquivos que não são acessados freqüentemente. Eu já cheguei a economizar mais de 3GB com esta opção, porém ela tem um lado negativo: o sistema dispende muito mais recursos para ler e gravar arquivos compactados, o que terá impacto direto no desempenho. Ative esta opção APENAS se você REALMENTE estiver precisando dela, ou caso desempenho não seja algo importante para você.

Compacte pastas específicas, ou o disco inteiro
Se você usa partição NTFS, pode então compactar uma pasta específica, ou até o disco inteiro, para economizar espaço. Para isto, basta clicar com o botão direito em cima do alvo, acesse as propriedades dele e ative a opção de compactação correspondente. Vale lembrar que isto influi diretamente no desempenho, conforme explicado acima, então use este recurso com cautela!

Limpe os pontos de restauração antigos
O Windows, dependendo da situação, gera automaticamente um ponto de restauração de sistema, para eventuais problemas após a instalação de algum software ou driver. Porém, esses pontos consomem bastante espaço, às vezes na casa dos GB, e você pode dar cabo dos pontos antigos, deixando apenas o mais recente. Para isto, acesse a ferramenta de Limpeza de Disco, conforme descrito acima. Na tela de sumário, vá à aba Mais opções e clique no último botão, e então confirme a operação.

Desative a Hibernação
O recurso de Hibernação, habilitado por padrão no Windows XP, permite desligar a máquina e, quando a mesma for religada, ela volta exatamente aonde estava. Porém, este recurso pode ser facilmente substituído pelo modo Em espera. E de quebra, você ganha uns bons MBs em disco. Para isto, vá ao Painel de Controle > Opções de Energia > aba Hibernar e desmarque a caixa Ativar hibernação.

DICAS AVANÇADAS - podem ser perigosas, usem com atenção!

Desative a Restauração do Sistema
Se você não utiliza este recurso, então você pode muito bem desativá-lo. Para isto, vá em Painel de Controle -> Sistema -> Restauração do Sistema e marque a opção Desativar Restauração do Sistema. Eu particularmente prefiro desativar este recurso, pois caso o meu sistema dê pau, eu prefiro reinstalar o Windows a usar pontos de restauração.

Limpe o cache de DLLs
Cada vez que um DLL ou EXE do sistema é atualizado, o Windows manda uma cópia para cache, para que você possa restaurar quando necessário. Se o sistema está redondo, então você pode querer esvaziar esse cache, o que lhe dará uns vários MBs. Para isto, vá em Iniciar -> Executar e digite "sfc /purgecache" (sem aspas) e espere, pois o processo pode demorar alguns minutos.

Exclua os arquivos de desinstalação dos patches do Windows
Cada vez que o Windows Update instala uma atualização na máquina, ele faz backup dos arquivos substituídos em pastas específicas. Novamente, se o sistema está redondo, então provavelmente você não precisa mais deles. Para isto, basta deletar todas as pastas que começam com "$" dentro de Windows.

 

 

 

  RECOMENDE NO GOOGLE +1:


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento