Página Inicial » Dicas e Truques



|04|

 

Dicas contra e-mails falsos
 

A cada dia surgem na Web e-mails falsos, usando o nome de bancos, de desenvolvedores de software e antivírus, de lojas on-line, de sites de segurança, de sites de notícias, de serviços na internet, enfim. O objetivo dessas mensagens é quase sempre o de capturar informações do internauta, como senha de bancos, por exemplo. Veja a seguir, dicas para identificar e evitar estas "armadilhas".

1 - Desconfie de ofertas generosas

Os e-mails falsos usam nomes de empresas e oferecem produtos ou serviços muito generosos. Em casos de banco, por exemplo, os e-mails oferecem seguro grátis, prêmios em valores altos e cartões de crédito. Mas geralmente, tais e-mails pedem para o usuário "atualizar" seus dados através de um suposto formulário que segue em anexo, ou direcionam o internauta a um link, onde deve-se preencher os campos com suas informações pessoais, incluindo senhas. Bancos não pedem senhas de seus clientes em cadastros. Todas as instituições possuem políticas de segurança para lidar com essas informações e não há razão para o banco pedir sua senha pela internet;

2 - Desconfie do endereço

Você recebeu um e-mail do banco Itaú e o link aponta para itau1.com. O banco tem um domínio conhecido (itau.com.br) e portanto, desconfie se o endereço no e-mail apontar para um site semelhante. Muitas vezes, o endereço aparece certo para o internauta, mas ao passar o mouse por cima do link o verdadeiro endereço é mostrado. Estes sites geralmente tem a mesma aparência do site verdadeiro, o que engana o internauta. Portanto, esteja sempre atento quanto ao endereço do site;

3 - Não clique em links cujo final termina em .exe

Você acaba de receber um cartão do Yahoo ou do BOL. Ao passar o mouse por cima do link, o mesmo termina com .exe ou .zip. Nestes casos, jamais clique no link, pois o computador fará download de um arquivo executável, que poderá servir de espião em sua máquina e transmitir todo o tipo de informação ao criador programa. É muito importante estar atento ao link, pois os e-mails quase sempre são cópias fiéis dos e-mails verdadeiros, usando, inclusive, o mesmo logotipo e layout da empresa em questão. Além disso, se você recebeu um cartão on-line do BOL, não há motivos para o cartão estar disponível num site gratuito da Tripod;

4 - E-mails falsos mais comuns

Os e-mails falsos mais comuns são os que usam o nome de bancos, como Banco do Brasil e Itaú, de empresas de software, como Microsoft e Symantec, de programas de TV, como Big Brother Brasil, de lojas on-line (oferecendo prêmios ou descontos mirabolantes), como Americanas.com, de cartões virtuais, como Yahoo e BOL, onde o usuário clica num link fajuto acreditando que vai visualizar o cartão, nome de sites de notícias, oferecendo um programa para que o internauta veja as notícias em tempo real, enfim;

5 - O remetente pode ser falso

Você recebe um e-mail com um arquivo anexo ou com um link e desconfiado vê o remetente. O mesmo aponta para suporte@microsoft.com.br. Sendo assim, você acredita que o e-mail é verdadeiro. Cuidado! Os e-mails falsos conseguem fingir serem endereços reais para enganar o internauta;

6 - Assuntos atuais

Os e-mails falsos podem explorar assuntos atuais. Portanto, desconfie se receber e-mails sobre atualidades sem você ao menos ter solicitado;

7 - Se pedir download, esqueça

E-mails falsos podem te oferecer "ótimos" serviços gratuitos, mas é necessário fazer download de programas. Não o faça, caso contrário você poderá ter um "espião" em seu computador;

8 - Se tiver dúvidas, pergunte

Se você recebeu um e-mail de uma empresa oferecendo algo, uma boa idéia é entrar em contato com a companhia, através do site ou do telefone e perguntar se aquele e-mail é verdadeiro;

9 - Repare nos erros

Se receber um e-mail com erros grosseiros de gramática ou com figuras faltando, eis bons sinais de um e-mail falso. Empresas sérias tomam cuidado com estes pontos;

10 - Parece de verdade

Há e-mails falsos tão bem feitos, que copiam slogan, templates e até possuem links que apontam para o site verdadeiro. Mas as aparências enganam! Por isso, verifique o e-mail, mesmo sendo de uma empresa que você é cliente, como por exemplo, um provedor de internet.

Finalizando

Os e-mails falsos aparecem cada vez com mais freqüência. O objetivo é sempre ter informações do usuário, principalmente senhas de banco. Com as dicas acima, é possível escapar dessas verdadeiras armadilhas, mas a dica principal é ter bom senso. Nenhuma empresa oferece ofertas e serviços fantásticos gratuitamente e muito menos pedem para o usuário fazer um recadastramento por e-mail. Na dúvida, SEMPRE visite o site verdadeiro, que você conhece. E-mails são enviados pelos mesmos indivíduos que enviam SPAM, por isso é que tais mensagens podem chegar ao seu e-mail. Portanto, ao identificar um e-mail falso, não responda de forma alguma, caso contrário, você estará confirmando que seu e-mail é válido.

 

 

 

  RECOMENDE NO GOOGLE +1:


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento