Página Inicial » Dicas e Truques



|02|

 

Como posso saber se o site que estou acessando não foi falsificado ?


  

Existem alguns cuidados que um usuário deve ter para certificar-se que um site não foi falsificado.
O primeiro cuidado é checar se o endereço digitado permanece inalterado no momento em que o conteúdo do site é apresentado no browser do usuário. Existem algumas situações, onde o acesso a um site pode ser redirecionado para uma página falsificada, mas normalmente nestes casos o endereço apresentado pelo browser é diferente daquele que o usuário quer realmente acessar.
Existem diversas situações que vêm sendo utilizadas por atacantes em fraudes envolvendo o comércio eletrônico e Internet Banking. A maior parte das situações apresentadas abaixo, com exceção das situações 3 e 5, envolvem técnicas de engenharia social.

Situação 1 - o usuário recebe um e-mail ou ligação telefônica, de um suposto funcionário da instituição que mantém o site de comércio eletrônico ou de um banco. Neste e-mail ou ligação telefônica o usuário é persuadido a fornecer informações sensíveis, como senhas de acesso ou número de cartões de crédito.

Situação 2 - o usuário recebe um e-mail, cujo remetente pode ser um suposto funcionário, gerente, ou até mesmo uma pessoa conhecida, sendo que este e-mail contém um programa anexado. A mensagem, então, solicita que o usuário execute o programa para, por exemplo, obter acesso mais rápido a um site de comércio eletrônico ou ter acesso a informações mais detalhadas em sua conta bancária.

Teclas digitadas: um programa pode capturar e armazenar todas as teclas digitadas pelo usuário, em particular, aquelas digitadas logo após a entrada em um site de comércio eletrônico ou de Internet Banking. Deste modo, o programa pode armazenar e enviar informações sensíveis (como senhas de acesso ao banco ou números de cartões de crédito) para um atacante;

Posição do cursor e tela: alguns sites de Internet Banking têm fornecido um teclado virtual, para evitar que seus usuários utilizem o teclado convencional e, assim, aumentar o nível de segurança na realização de transações bancárias via Web. O fato é que um programa pode armazenar a posição do cursor e a tela apresentada no monitor, nos momentos em que o mouse foi clicado. Estas informações permitem que um atacante, por exemplo, saiba qual foi a senha de acesso ao banco utilizada pelo usuário;

Webcam: um programa pode controlar a Webcam do usuário, direcionando-a para o teclado, no momento em que o usuário estiver acessando um site de comércio eletrônico ou de Internet Banking. Deste modo, as imagens coletadas (incluindo aquelas que contém a digitação de senhas ou número de cartões de crédito) podem ser enviadas para um atacante.

Situação 3 - um atacante compromete o servidor de nomes do provedor do usuário, de modo que todos os acessos a um site de comércio eletrônico ou Internet Banking são redirecionados para uma página Web falsificada, semelhante ao site verdadeiro. Neste caso, um atacante pode monitorar todas as ações do usuário, incluindo, por exemplo, a digitação de sua senha bancária ou do número de seu cartão de crédito. É importante ressaltar que nesta situação normalmente o usuário deve aceitar um novo certificado (que não corresponde ao site verdadeiro) e o endereço mostrado no browser do usuário poderá ser diferente do endereço correspondente ao site verdadeiro;

Situação 4 - o usuário pode ser persuadido a acessar um site de comércio eletrônico ou de Internet Banking, através de um link recebido por e-mail ou em uma página de terceiros. Este link pode direcionar o usuário para uma página Web falsificada, semelhante ao site que o usuário realmente deseja acessar. A partir daí, um atacante pode monitorar todas as ações do usuário, incluindo, por exemplo, a digitação de sua senha bancária ou do número de seu cartão de crédito. Também é importante ressaltar que nesta situação normalmente o usuário deve aceitar um novo certificado (que não corresponde ao site verdadeiro) e o endereço mostrado no browser do usuário será diferente do endereço correspondente ao site verdadeiro;

Situação 5 - o usuário, ao utilizar computadores de terceiros para acessar sites de comércio eletrônico ou de Internet Banking, pode ter todas as suas ações monitoradas (incluindo a digitação de senhas ou número de cartões de crédito), através de programas especificamente projetados para este fim (como visto na situação 2). Apesar de existirem todas estas situações de risco, também existem alguns cuidados, relativamente simples, que podem e devem ser seguidos pelos usuários ao acessarem sites de comércio eletrônico e Internet Banking, de modo a evitar que fraudadores utilizem seus dados (principalmente dados

E um outro cuidado muito importante é verificar as informações contidas no certificado emitido para a instituição que mantém o site. Estas informações podem dizer se o certificado é ou não legítimo e, conseqüentemente, se o site é ou não falsificado.
Como posso saber se o certificado emitido para o site é legítimo?

É extremamente importante que o usuário verifique algumas informações contidas no certificado. Um exemplo de um certificado, emitido para um site de uma instituição é mostrado abaixo.
This Certificate belongs to: This Certificate was issued by:
www.example.org www.examplesign.com/CPS Incorp.by Ref.
Terms of use at LIABILITY LTD.(c)97 ExampleSign
www.examplesign.com/dir (c)00 ExampleSign International Server CA -
UF Tecno Class 3
Example Associados, Inc. ExampleSign, Inc.
Cidade, Estado, BR

Serial Number:
70:DE:ED:0A:05:20:9C:3D:A0:A2:51:AA:CA:81:95:1A
This Certificate is valid from Thu Sep 05, 2002 to Sat
Sep 06, 2003
Certificate Fingerprint:
92:48:09:A1:70:7A:AF:E1:30:55:EC:15:A3:0C:09:F0


o endereço do site;
o nome da instituição (dona do certificado);
o prazo de validade do certificado.
Ao entrar em um site seguro pela primeira vez, seu browser irá apresentar uma janela pedindo para confirmar o recebimento de um novo certificado. Então, verifique se os dados do certificado correspondem à instituição que você realmente deseja acessar e se seu browser reconheceu a autoridade certificadora que emitiu o certificado1.
Se ao entrar em um site seguro, que você utilize com frequencia, seu browser apresentar uma janela pedindo para confirmar o recebimento de um novo certificado, fique atento. Uma situação possível seria que a validade do certificado do site tenha vencido, ou o certificado tenha sido revogado por outros motivos, e um novo certificado foi emitido para o site. Mas isto também pode significar que você está recebendo um certificado ilegítimo e, portanto, estará acessando um site falsificado.
Uma dica para reconhecer esta situação é que além das informações contidas no certificado normalmente não corresponderem à instituição que você realmente deseja acessar, seu browser possivelmente irá informar que a Autoridade Certificadora que emitiu o certificado para o site não pôde ser reconhecida.
De qualquer modo, caso você receba um novo certificado ao acessar um site e tenha alguma dúvida ou desconfiança, não envie qualquer informação para o site antes de entrar em contato com a instituição que o mantém, para esclarecer o ocorrido.

 

 

  RECOMENDE NO GOOGLE +1:


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento