Página Inicial » Devaneios do saber



 

     
 

   Corações Sábios

  veja e curta vídeo abaixo
  


 

Nascer.

Brincar. Brincar. Brincar.

Estudar. Estudar. Estudar. Estudar. Estudar. Estudar.

Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar.
Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar. Trabalhar.
Trabalhar. Trabalhar.

Aposentar.

Descansar. Descansar.

Brincar. Brincar. Brincar.

Morrer.

 

Tantas e tantas gerações que vieram e que se foram.
Tantas e tantas gerações que ainda virão, e que igualmente passarão.

 

O que significa estar no mundo?
O que significa participar da vida?
O que significa estar presente?

 

“Ensina-nos, Senhor, a contar os nossos dias de tal maneira
que alcancemos corações sábios”
está escrito nas Escrituras..
Contar os nossos diasde tal maneira que
alcancemos osCorações Sábios

 

“Anda com mansidão
sobre a terra
– ela é sagrada”
nos recorda uma antiga tradição indígena.

 

Andar com mansidão sobre a terra.
Sentir que ela é sagrada.

 

Perante o tempo cósmico, a nossa existência terrena
– 30, 60, ou mesmo 90 anos –  não passa de um instante.

 

Diante de um mundo esvaziado de Transcendência,
procurar resgatar a nostalgia da palavra poética/profética..

 

Quintana, o poeta, ensinou:
“A poesia purifica a alma...”

“...um belo poema sempre leva a Deus!”

 

Onde estará Mario Quintana agora?
Partilhando, talvez, os seus poemas com os anjos....

 

Para onde iremos nós, quando chegar a nossa vez de deixar
para trás este mundo dos dias e das noites e dos calendários?....

 

Encontramo-nos imersos no tempo e no espaço.
Mas convém recordar que esta existência terrena é
a ante-sala da Eternidade.

 

O que sabe um peixe num minúsculo aquário sobre a imensidão do mar?
O que é um pequeno aquário diante do insondável oceano?.
Da mesma forma, nós que habitamos o tempo, acerca
da Eternidade,nada sabemos.

 

Como uma mente limitada por natureza haveria
de sondar o infinito?
No entanto, convém nos prepararmos
para a hora da partida, passageiros que somos no mundo físico..

 

Purificar o coração,
Semear a bondade e a justiça.
Vivenciar a caridade e a compaixão.
Amar, perdoar,
– procurar deixar
o mundo onde vivemos um pouco melhor do que antes da nossa passagem...
.

 

“Quem sabe que o tempo está fugindo descobre, subitamente,
a beleza única do momento que nunca mais será...”
Rubem Alves.

 

“Ensina-nos, Senhor,a contar os nossos
dias de tal maneira que
alcancemos corações sábios.”
Salmos 90,12.

 

 

 


 

 


Conheça os Cursos On-Line
Portal do Conhecimento