Página Inicial » Desafios e Ilusões

 

| 02 |

 

Para que lado a mulher está se movendo?

Para que lado a mulher está se movendo? Se você vê ela se movendo em sentido horário, você está usando o lado direito do seu cérebro; se você a vê se movendo em sentido anti-horário, você está usando o lado esquerdo do cérebro. Algumas pessoas podem vê-la se movendo para os dois lados, mas a maioria não consegue.

Tente vê-la se movendo nas duas direções. Se você conseguir fazer isso, já é uma vitória (não há números para o Brasil, mas estima-se que apenas 14% da população norte-americana consegue vê-la se movendo para os dois lados). E se conseguir fazer isso SEM TIRAR os olhos dela ou piscar (e voluntariamente), seu QI é acima de 160, segundo um teste da Universidade de Yale (que desenvolveu essa figura).

Esta imagem é usada como um “teste de personalidade”, ele aponta para a parte de seu cérebro é mais desenvolvido do que,
se você seria a personalidade certa mais emocional, e você veria a dançarina girando no sentido horário; e, no caso de ser deixado, teria uma personalidade mais racional, e você veria a dançarina girando anti-horário.
Este teste é criticado pelo neurologista Dr. Steven Novella Yale University School of medicine em isto artigo, explica ainda que é possível alterar o sentido de rotação do dançarino, por exemplo, para fixar no lado da página.

Geométricas deriva de juro imagem, também explica Dr. Novella, que, na realidade, o dançarino Ele não está a rodar objetivamente, em qualquer sentido, uma vez que é uma imagem em bidimensional, mas, como o cérebro não é usada para interpretar as representações bidimensionais do mundo, assume esta imagem como 3D.

Como é o caso em que não terá dados suficientes; nomeadamente, suficiente restrições geométricas para definir o sentido de rotação do dançarino, isto é o que cria a ilusão de ótica, como a nossa imagem do cérebro completo a dançarina se voltando para um lado ou para o outro.

Vendo a imagem pela primeira vez, parecia óbvio que virou na direção dos ponteiros do relógio, mas, aparentemente, há pessoas que vêem na direção oposta. E é surpreendentemente possível inverter a percepção de rotação, embora não seja fácil. O mais simples é olhar para a imagem de modo que é na visão periférica, e depois fazer um esforço mental para acomodar a rotação na direção oposta. Nesse ponto, você pode olhar para trás para a imagem e a nova interpretação persistirá.

 

Seções para seu Entretenimento

 

Conheça todos cursos da Loja